Dicas de segurança para ciclistas

Fonte: transitoaovivo.com

Conviver bem com carros, motocicletas e pedestres e preservar a sua segurança e a de outras pessoas é fundamental para quem enfrenta o trânsito diariamente. Para os ciclistas, com certeza, não é diferente. Você, ciclista, já parou para analisar as suas atitudes no trânsito? Sabe o que você deve fazer para não correr o risco de se acidentar ou de machucar alguém andando por aí?

Veja alguns itens essenciais para se proteger em caso de acidentes e conheça algumas atitudes que podem fazer a diferença ao andar de bike.

Luzes da bicicleta e uso de capacete e luvas

Mesmo que sua bike já possua os refletivos, que são obrigatórios por lei, muitas vezes eles não são suficientes para se fazer ser visto pelos motoristas, principalmente à noite. O ideal é usar luz branca na frente e vermelha atrás piscantes, pois chamam mais a atenção do motorista.

Sabemos que uma condução segura é o ideal para se proteger de acidentes, mas recomenda-se o uso de capacete a todos os ciclistas, principalmente se for um iniciante. Quanto ao uso de luvas, é sempre importante usá-las, já que elas protegerão as mãos em caso de quedas, do frio e de irritações na pele pelo apoio na manopla.

Ande pela direita

Por ser a faixa usada pelos veículos de menor velocidade, é sempre adequado andar de bike na faixa mais à direita da via. Melhor ainda é andar na mesma mão dos carros, evitando acidentes com pedestres, carros e motocicletas que não enxergam veículos na contramão.
Andar muito próximo do meio-fio também não é recomendado, pois os veículos que vêm atrás de sua bike podem passar pela mesma faixa que você e ocasionar acidentes. Em caso de faixas exclusivas para ônibus, o ideal é sempre andar na faixa seguinte, mais próxima da direta ou na da esquerda, em caso de via única.

Evite grandes avenidas, calçadas e passar quando o sinal estiver vermelho

Procure sempre andar em ruas com menor fluxo de automóveis. É sempre mais seguro para o ciclista. Quando for escolher a rota, procure pensar como ciclista e não como quem está de carro ou moto.
Calçada foi feita para pedestres, por isso só trafegue na calçada empurrando a sua bike. Lembre-se que crianças, idosos e outros pedestres podem se assustar ou até mesmo se machucar quando um ciclista ocupa a calçada. Sem contar que a sua segurança também é colocada em risco, pois você poderá ser acertado por carros que saem de garagens.
Passar com o sinal vermelho é uma regra valiosa tanto para carros, motos, pedestres e ciclistas. Imagine se um carro vem em alta velocidade enquanto o ciclista passa com o sinal vermelho? Será um susto para ambos, na melhor das hipóteses, ou resultar em um acidente grave.

Sinalize todas as suas intenções

Se os motoristas de carros e motos devem por lei sinalizar todas as manobras que vão fazer, com o ciclista não é diferente. A sinalização é uma forma de antecipar aos carros e motos o que o ciclista vai fazer, assim como é uma forma de antecipar ao ciclista a intenção de carros e motos. E claro, é uma forma educada de convivência no trânsito. Por isso, ciclista, sinalize sempre que for virar à direita, à esquerda com as mãos. Afinal, você não tem setas para indicar a quem vem atrás ou ao seu lado o que você pretende fazer, não é mesmo?

Você tem mais alguma dica para a condução segura de uma bicicleta? Conte para a gente aqui nos comentários. 😀

Fonte: Vá de Bike

Comentários

  1. Realmente temos pouca educação de trânsito, seja pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas . A principal lição que todos deveriam saber. Em caso de acidente (com culpa comprovada) em que houver morte, (ex.:), de um indivíduo de 23 anos e que percebia um salário mínimo mensal, considerando a expectativa de vida (último CENSO) 73 anos, uma indenização cível, não ficará por menos de 4,4 kg de ouro ou aproximadamente R$ 350 mil reais. Se o governo divulgasse isso nos meios de comunicação do país, certamente teríamos uma diminuição de mortes e inválidos no trânsito Brasileiro.

  2. Tenho uma bike nova muito confortável e gostaria de ir trabalhar com ela, mas tenho receios quanto ao transito. Não entendi direito se devo andar na faixa da direita , faixa dos ônibus ou ao lado dela . Sempre que ando na faixa da direita, os ônibus e caminhões sempre tiram finos . Me sinto mais segura na faixa da esquerda. Como pedalar na faixa próxima à dos ônibus? Será muito lento em relação aos carros. Não entendi tb porque próximo ao meio-fio é inseguro.
    Desculpe-me tantas questões.Obrigada
    Abs,
    Andrea

  3. Olá de novo.Será que vcs poderiam me dar dicas de como escolher um bom capacete e luvas?
    Obrigada.
    Andrea

  4. Oi, Andrea! Você só deve pedalar pela faixa ao lado da de ônibus quando a via tiver mais de duas faixas. Em caso de vias em que somente há duas faixas, o ideal é andar sempre na da esquerda. Quanto à andar muito próximo do meio fio, o perigo está em você não ter para onde escapar em caso de um susto ou de um acidente.

  5. Ei, Andrea! Isso será assunto para o nosso próximo post aqui no blog. Fique atenta e acompanhe para que você veja as nossas dicas. 🙂

  6. Muito boa as dicas. Falta maior divulgação dessas regras no trânsito. Passei a adotá-las há 1 mês, e percebi que tudo que está escrito aqui é verdade. Vc sente mais seguro. Evito bastante calçadas, contra-mão e procuro ser mais paciente com o trânsito.

  7. Olá Sérgio, Obrigada pelo seu comentário e parabéns pelas atitudes no trânsito.

  8. Com 57 de idade e 38 anos de habilitação A e C, comecei a pedalar em São Paulo à 6 meses. Confesso que amei, tanto a adrenalina, quanto ao desembaraço que me proporciona, quando em trânsito ruim pra automóveis. Creio que todas as regras são válidas e úteis, porém, avaliar o uso delas e o momento de abandoná-las deve ser um exercício diário e de grande responsabilidade. Por exemplo: Usando cautela, me parece melhor usar a calçada da contra-mão, do que fazer uma rotatória inteira com várias derivações.

  9. Rodrigo Gonçalves

    Bom dia,
    Estou fazendo um estudo com os ciclistas de São Paulo, que utilizam a bike como meio de transporte casa-trabalho/estudo. O projeto visa melhorar o relacionamento com os ciclistas de São Paulo e quebrar barreiras no destino.
    A pesquisa é rápida, tem apenas 8 perguntas. Se os amigos ciclistas puderem responder e divulgar, estaremos dando um passo para a melhoria nos serviços prestados para ciclistas.
    O link da pesquisa é: http://www.surveymonkey.com/s/Z9YJSF7
    Gostaria de entrar em contato com os amigos ciclistas para poder explicar melhor, meu e-mail é
    ro7verde@hotmail.com
    Grande abraço,
    Rodrigo